Segundo o primeiro-ministro, não se pode "renunciar a resolver um problema que se tornou urgente para a economia portuguesa".

Top Notícias