O governo de Pequim afirmou esta sexta-feira estar "muito preocupado" com a detenção na Polónia de um empresário chinês, por espionagem a favor da China, e já pediu a Varsóvia para respeitar os direitos do detido.

Top Notícias