"A minha mãe adorava dançar, estava sempre a dançar. Ela nunca ouvia música sentada", conta Maria Andresen de Sousa Tavares, filha de Sophia de Mello Breyner Andresen, poeta ? assim se intitulava ? que faria 100 anos a 6 de novembro de 2019. As celebrações do centenário do nascimento de Sophia começam este sábado, com um espetáculo de dança no CCB. Seguem-se exposições, filmes, colóquios e concertos ao longo do ano, naquela que é uma iniciativa do Centro Nacional de Cultura e organizada por nomes como Guilherme d'Oliveira Martins, José Manuel dos Santos e Maria Andresen, responsável pela herança literária de Sophia.

Top Notícias