Desde o início do ano já morreram 11 mulheres assassinadas às mãos de namorados, maridos, ex-companheiros ou outros familiares. Em 2018, o número de vítimas ultrapassou as 20 de 2017. Em novembro, já tinham morrido 24.

Top Notícias