O cardeal George Pell, que foi até dezembro a terceira figura do Vaticano, foi considerado culpado por um tribunal australiano pelo abuso sexual de dois rapazes do coro e deve conhecer a sentença na quarta-feira, adiantou a AP.

Top Notícias