A empresa nega qualquer ligação entre os seus produtos e cancro e diz que vai recorrer da decisão do tribunal californiano. Este é um dos mais de 13 mil processos que a multinacional enfrenta.

Top Notícias