A primeira-ministra britânica não admite a possibilidade de voltar um adiamento da saída do Reino Unido. E responde aos críticos

Top Notícias