Detenção ocorreu em Charlottesville, a cidade dos confrontos raciais nos EUA, e o menor disse ser português. Ameaças pela internet de "limpeza étnica" levaram escolas da cidade, onde o suspeito não estuda, a encerrar durante dois dias.

Top Notícias