Berardo diz que não quis ofender ninguém, mas que não vai aceitar passivamente ser tratado como "bode expiatório"

Top Notícias