Entre as 555 vítimas há duas menores. Colombiano partilhava imagens em site de pornografia e em alguns dos vídeos vê-se o rosto das vítimas.

Top Notícias