O extremo argelino deixou o F. C. Porto em final de contrato e optou por prosseguir carreira num campeonato menos mediático e competitivo do que o português, justificando, agora, essa opção.

Top Notícias