O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta sexta-feira que "não vai ser fácil" encontrar uma alternativa para o mecanismo de salvaguarda da fronteira irlandesa, o 'backstop', e pediu que não sejam criadas grandes expectativas "demasiado cedo".

Top Notícias