Primeira parte difícil: “Sabíamos que ia ser difícil. Hoje em dia não há jogos fáceis, anda para mais fora e num campo sintético. Entrámos bem, mas os últimos vinte minutos da primeira parte não foram bons. Sabíamos que tínhamos de ser melhores na segunda parte, e quando o Cristiano fez o segundo golo ficou mais fácil, obviamente. Depois a exibição foi positiva. O mais importante foi conseguido, mas claro que foi um jogo difícil”

Duas assistências: “Sinto-me bem no Man City e na Seleção . Tanto o treinador como os colegas têm passado uma confiança e um apoio incríveis. Estamos mais próximos da qualificação e isso é fantástico”
Importâ ncia de Ronaldo: “Quando tens Ronaldo tudo é mais fácil. Para mim, como médio, é bom ter os movimentos dele, em direção da baliza. Basta ver o movimento e meter lá a bola que ele faz o resto”.

Top Notícias