"O índice de volume de negócios nos serviços aumentou, em termos homólogos, 1,4% em julho , taxa inferior em 2,0 pontos percentuais (p.p.) à observada em junho ", salienta o INE .
A evolução do índice agregado foi particularmente influenciada, segundo o instituto, pela secção de comércio por grosso, reparação de veículos automóveis e motociclos , que passou de um aumento homólogo de 4,2% em junho para uma diminuição de 0,7% em julho .
Em sentido oposto evoluiu a secção de transportes e armazenagem, com um crescimento homólogo de 6,3% em julho , contra 5,1% em junho e ao apresentar uma contribuição para o índice total de 0,8 pontos percentuais.
Em comparação ao mês anterior, o índice de volume de negócios nos serviços caiu 1,5% no período em análise, sendo que registou um crescimento de 0,5% em junho .
Os índices de emprego, de remunerações brutas e de horas trabalhadas, ajustados de efeitos de calendário, apresentaram variações homólogas de 1,9%, 5,2% e 3,6%, respetivamente , contra 1,5%, 3,9% e uma queda de 2,0%, em junho , pela mesma ordem.
Leia Também: EUA dão mais 90 dias para negócios com a Huawei

Top Notícias