Draghi assinalou que foi alargado o consenso sobre o reinício do programa de compra de ativos, mas Alemanha, França, Holanda e Áustria estão contra.

Top Notícias