Primeiro-ministro responde à reivindicação da Confederação do Comércio e Serviços dizendo que os ministros das Finanças e da Economia são os seus dois “pontas-de-lança”

Top Notícias