Presidente do colégio de ginecologia e obstetrícia da Ordem dos Médicos, João Bernardes, já detetou várias anomalias em fetos ao longo da sua carreira, mas indica que nestes casos a primeira ou a segunda ecografia lançam logo o alerta. No entanto, lembra que " falhar a detenção de anomalias não é assim tão raro".

Top Notícias