"Estamos à espera de maior clareza no final da semana, esperando que nessa altura seja possível ver como as coisas se desenvolvem em Londres", disse um diplomata à Reuters após um encontro dos embaixadores dos restantes 27 países em Bruxelas.