Recém-nascido que a mãe abandonou num ecoponto não deverá ser institucionalizado, mas entregue a uma família de acolhimento que ficará com o menino temporariamente até se decidir a tutela final. Há três famílias disponíveis que já tinham sido avaliadas e selecionadas pela Santa Casa da Misericórdia para acolher crianças nestas situações