O endividamento mundial subiu para 250,9 biliões de dólares (€228 biliões) no final do primeiro semestre deste ano, segundo o balanço publicado esta sexta-feira pelo Institute of International Finance. Quatro países desenvolvidos altamente endividados registam forte exposição ao risco climático