Após uma (curta) passagem pelo Sporting no decorrer da temporada 2012/13, na qual conquistou apenas duas vitórias em onze jogos, Franky Vercauteren  assume, agora, o comando técnico do Anderlecht , clube que também representou enquanto jogador.

Vincent Kompany , que acumulava os papéis de jogador e treinador antes da chegada do belga, assume ter tido uma palavra na escolha do treinador, que registou três vitórias e dois empates nas cinco primeiras partidas.
"Somos um grupo e é importante ter o consentimento de todos. O Frank tem uma riqueza de experiência a nível internacional e nacional", afirmou o defesa-central em entrevista concedida ao jornal brit ânico The Guardian .
"Ele é uma figura emblemática do clube e venceu títulos europeus connosco enquanto jogador. Jogou uma meia-final de um Campeonato do Mundo com aquela grande geração belga de 1986. Trazer uma figura de tanta autoridade foi muito importante para proteger a nossa abordagem a longo-prazo", acrescentou.
Vincent Kompany  recusou, no entanto, colocar de parte a hipótese de voltar a treinar o Anderlecht : "Antes de mais, tenho de finalizar o curso, e tenho uma paixão por isto. Além disso, o meu papel é ligeiramente diferente da forma como as pessoas o veem ".
"Ainda sou jogador, o capitão, que jogou numa grande Liga e tirou um Mestrado. Seria criminoso se não partilhasse esse conhecimento na Liga belga. O futuro a longo-prazo do Anderlecht  será sempre protegido", prometeu.
Leia Também: Oficial: Kompany está de regresso a Inglaterra... como comentador