Palavras do secretário técnico do Barcelona, Eric Abidal