"Esta operação enquadra-se na estratégia de gestão ativa de portefólio da Sonae Capital, que procura maximizar o valor dos ativos detidos e explorar oportunidades de crescimento", revela a empresa, na mesma nota.

A transação foi finalizada por "15,8 milhões de euros, compreendendo uma componente fixa de sete milhões de euros e uma componente variável de 8,8 milhões de euros, o que valoriza a empresa em 22,6 milhões de euros", de acordo com a Sonae .
A empresa compradora, a SKK - Central de Distribuição para Refrigeração e Climatização , trabalha na área da refrigeração e AVAC .
A Sonae Capital indica ainda que no ano passado a RACE "registou um volume de negócios de 47,7 milhões de euros e uma margem EBITDA de 4,5%, 1,6 pontos percentuais acima de 2017, como resultado do foco na melhoria da rentabilidade ".
O grupo acredita que com esta operação "cristaliza o valor da empresa, ao mesmo tempo que liberta fundos para potenciar o desenvolvimento das suas áreas de negócio de maior potencial", segundo o comunicado.
A empresa recorda também que "tem vindo a investir em negócios com elevado potencial de crescimento", através da dotação de recursos e de aquisições.
Na área da energia, a Sonae Capital, anunciou a aquisição do Grupo Futura Inversíones em julho e no segmento de 'fitness' comprou a cadeia de ginásios Urban Fit em maio .
Já na área da hotelaria, em fevereiro , a Sonae Capital comprou a sociedade responsável pela exploração do Aqualuz Suite Hotel Lagos "depois de, em janeiro , ter sido selecionada para a adjudicação da subconcessão com vista à instalação e exploração de uma unidade hoteleira no edifício da Estação Ferroviária de Santa Apolónia, em Lisboa", lembra o grupo.
Leia Também: Lucro da Sonae diminui 16% até setembro para 88 milhões de euros