O gerente de uma padaria de Nova Iorque guiou até à Pensilv â nia  para devolver a chave do carro que uma cliente tinha deixado na sua loja.

A cliente, Diana Chong , passou pela loja de bagels (pão característico, em forma de anel), em Long Island, antes de seguir com a família para  Honesdale , na Pensilv â nia .
Diana saiu do carro, em funcionamento, e levou consigo a chave automática, que acabou por esquecer na loja. Depois regressou à viatura e seguiu viajem. Só quando chegou ao destino e estacionou é que percebeu que a chave tinha ficado a uma distâ ncia de 298 quilómetros.
A norte-americana não iria conseguir voltar a ligar o carro, razão pela qual ligou para a loja. O dono da padaria,  Vinny   Proscia , ofereceu-se para lhe enviar a chave por correio mas não havia serviço que o fizesse em tempo útil. Proscia decidiu, então, guiar até à cliente.
Diana Chong  indicou à Newsday , citada pela AP, que deu ao homem 200 dólares (180 euros) e um cartão de agradecimento, pela generosidade. E ainda bem, pois no caminho de regresso, Proscia  foi parado pela polícia por ir em excesso de velocidade. O agente acabou por lhe perdoar a multa depois de ver o cartão escrito por Diana.
Leia Também: Pais e filhas no ballet pelo fim do estereótipo em vídeo tocante